Life Style

A realidade do trauma médico e do TEPT

Quando pensamos em Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT), nossas mentes muitas vezes saltam para veteranos de guerra ou sobreviventes de desastres naturais. No entanto, há outra forma de TEPT, menos comentada, que é igualmente profunda e debilitante – o tipo resultante de trauma médico. A realidade do trauma médico e do TEPT é tão grave como outras formas da doença, especialmente entre aqueles com doenças crónicas ou deficiências.

Compreendendo o trauma médico

O trauma médico e o TEPT podem surgir de várias experiências – um evento médico súbito e com risco de vida, uma longa história de tratamentos invasivos ou mesmo interações crónicas com o sistema de saúde que são percebidas como negativas ou hostis. Esse trauma muitas vezes deixa cicatrizes psicológicas profundas, às vezes levando ao TEPT.

Reconhecendo os sinais de TEPT em sobreviventes de trauma médico:

Os sintomas do TEPT devido a trauma médico refletem aqueles observados em outras formas de TEPT, incluindo:

  • flashbacks do evento traumático
  • pesadelos
  • ansiedade severa
  • pensamentos incontroláveis ​​sobre o incidente

Para alguém que sofreu um trauma médico, estes podem ser flashbacks de uma cirurgia, de um tratamento particularmente doloroso ou do estresse de recebendo um diagnóstico que mudará sua vida.

Impacto na vida diária:

Viver com TEPT médico pode impactar significativamente a vida diária. Os sobreviventes podem evitar cuidados médicos, temendo que isso desencadeie memórias de traumas passados. Esta evitação pode levar ao agravamento das condições de saúde, criando um ciclo vicioso de medo e deterioração da saúde. Entorpecimento emocional, irritabilidade e hipervigilância são outras repercussões comuns, afetando os relacionamentos e a qualidade de vida geral.

Navegando na área de saúde com PTSD

Para aqueles com TEPT médico, navegar no sistema de saúde pode ser uma tarefa ainda mais difícil do que é por padrão. É importante encontrar profissionais de saúde empáticos que compreendam o impacto dos traumas passados. Comunicar suas experiências e gatilhos com sua equipe de saúde pode levar a um atendimento mais personalizado e sensível.

A jornada para a cura:

A cura de traumas médicos e TEPT é um processo gradual e varia de pessoa para pessoa. Muitas vezes envolve psicoterapia, como terapia cognitivo-comportamental ou EMDR (dessensibilização e reprocessamento do movimento ocular). Grupos de apoio, onde se pode compartilhar experiências com outras pessoas que passaram por situações semelhantes, também podem ser incrivelmente curativos.

Estratégias de enfrentamento para consultas médicas

A preparação para consultas médicas pode ajudar a controlar traumas médicos e sintomas de TEPT. Trazer um amigo ou familiar de confiança, anotar as perguntas com antecedência e praticar técnicas de relaxamento pode reduzir a ansiedade. Também é útil fazer um balanço após as consultas, processando o que aconteceu e reconhecendo seus sentimentos.

O formulário que você selecionou não existe.

Estratégias de autocuidado:

Embora a ajuda profissional seja vital, o autocuidado desempenha um papel crucial no controle dos sintomas do TEPT. Práticas de atenção plena, atividade física regular, registro em diário e prática de hobbies podem proporcionar uma sensação de controle e normalidade. Também é importante construir um sistema de apoio de amigos e familiares que compreendam e possam fornecer apoio emocional.

Banner do jornal guiado por doenças crônicas

O papel da tecnologia no gerenciamento do PTSD:

A tecnologia oferece maneiras inovadoras de gerenciar os sintomas do TEPT. Aplicativos para atenção plena, meditação e gerenciamento de estresse podem ser particularmente benéficos. As plataformas online também oferecem acesso a grupos virtuais de apoio e teleterapia, oferecendo atendimento no conforto da sua casa. Wearables que monitoram respostas fisiológicas, como frequência cardíaca, podem ajudar a compreender e gerenciar os gatilhos.

Quais são alguns dos melhores aplicativos para colheres?

Construindo Resiliência:

Resiliência não significa não sentir os efeitos do trauma; trata-se de desenvolver estratégias para se recuperar. Inclui reconhecer seus sentimentos, buscar apoio e encontrar significado nas experiências. A resiliência pode ser construída por meio de práticas como diários de gratidão, envolvimento em atividades comunitárias ou ajuda a outras pessoas que tiveram experiências semelhantes.

Banner do diário de 365 dias de gratidão

Apoio à Família e ao Cuidador:

O impacto do trauma médico também se estende aos familiares e cuidadores. É essencial que eles compreendam a natureza do TEPT, reconheçam os sintomas e aprendam formas de fornecer apoio. A terapia familiar pode ser um caminho para enfrentar esses desafios e melhorar a comunicação.

Capacitando a defesa do paciente:

Um passo significativo na abordagem do trauma médico é através da defesa do paciente. Capacitar-se com conhecimento sobre sua condição e direitos como paciente pode criar uma sensação de controle. A defesa de direitos também envolve falar sobre suas necessidades e preocupações, seja solicitando um plano de tratamento diferente ou uma segunda opinião. Ferramentas como um defensor do paciente ou um navegador de saúde podem ser valiosas nesse processo.

Manual de autodefesa

Quebrando o Estigma:

Existe um estigma em torno do TEPT no contexto de trauma médico, muitas vezes devido à falta de consciência. Ao discutir abertamente estas questões, podemos promover um ambiente mais compreensivo e de apoio para as pessoas afetadas. É crucial que os profissionais de saúde também reconheçam os sinais de trauma médico e abordem os pacientes com empatia e cuidado.

Compreender e abordar a realidade do trauma médico e do TEPT é um aspecto vital da saúde e do bem-estar, especialmente para aqueles com condições crónicas ou deficiências. Ao reconhecer os sinais, procurar cuidados adequados e utilizar estratégias de autoajuda, os indivíduos podem enfrentar estes desafios de forma mais eficaz, encontrando força na vulnerabilidade e transformando o trauma num caminho para o crescimento e a resiliência.

Você já sofreu trauma médico e PTSD? Compartilhe suas experiências e dicas para lidar com a situação nos comentários!

Recursos e leituras adicionais

“O corpo mantém a pontuação: cérebro, mente e corpo na cura do trauma”, de Bessel van der Kolk: um livro seminal que explora o impacto do trauma no corpo e na mente, oferecendo informações sobre métodos de tratamento eficazes.

Centro Nacional de PTSD (Departamento de Assuntos de Veteranos dos EUA): Este site fornece informações abrangentes sobre PTSD, incluindo causas, sintomas e opções de tratamento. Link do site

American Psychological Association (APA) – PTSD: A APA oferece recursos para a compreensão e tratamento do PTSD, com foco nas mais recentes pesquisas e técnicas de terapia. Link do site

“Waking the Tiger: Healing Trauma”, de Peter A. Levine: Este livro apresenta uma abordagem naturalista para curar traumas, enfatizando a capacidade do corpo de se recuperar do estresse e do trauma.

A Sociedade Internacional para Estudos de Estresse Traumático: Um recurso global para informações sobre a exposição ao trauma e seu impacto psicológico. Link do site

“Trauma e Recuperação: As Consequências da Violência – Do Abuso Doméstico ao Terror Político” por Judith L. Herman: Um livro que discute os estágios de recuperação de eventos traumáticos e introduz o conceito de PTSD complexo.

Instituto Sidran: Educação e Defesa do Estresse Traumático: Uma organização que fornece serviços e recursos para pessoas que lutam contra estresse traumático e dissociação. Link do site

Mind (Reino Unido): Informações sobre PTSD: Esta instituição de caridade de saúde mental com sede no Reino Unido oferece informações sobre PTSD, incluindo estratégias de enfrentamento e opções de tratamento. Link do site

“Superando o Trauma Através do Yoga: Recuperando Seu Corpo”, de David Emerson e Elizabeth Hopper: Um livro que apresenta o conceito de ioga sensível ao trauma como um método de cura.

Aliança Nacional sobre Doenças Mentais (NAMI) – PTSD: NAMI fornece recursos e apoio para indivíduos afetados por PTSD, com foco no apoio e defesa da comunidade. Link do site

Source

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button