Life Style

Biden chama ‘veneno’ da supremacia branca em discurso na Madre Emanuel em SC

(RNS) – O presidente Joe Biden, levando a sua campanha de reeleição de 2024 para a Carolina do Sul, denunciou a supremacia branca que, segundo ele, levou à violência mortal na Igreja Metodista Episcopal Africana Madre Emanuel há quase nove anos.

“A Palavra de Deus foi perfurada por balas, ódio e raiva, impulsionada não apenas pela pólvora, mas por um veneno, um veneno que há muito tempo assombra esta nação”, disse ele em um discurso na segunda-feira (8 de janeiro) no igreja historicamente negra, onde nove pessoas morreram em 2015 nas mãos de um supremacista branco armado que eles acolheram em seu estudo bíblico.

“O que é esse veneno? Supremacia branca. Tudo o que é é um veneno. Ao longo da nossa história, destruiu esta nação. Isso não tem lugar na América. Não hoje, amanhã ou nunca.”

Em sua aparição de campanha que misturou Escrituras com retórica eleitoral, Biden falou sobre seu histórico de afirmação dos afro-americanos e da história negra. Ele citou sua nomeação da juíza da Suprema Corte Ketanji Brown Jackson e outras mulheres negras para os tribunais federais, e seu estabelecimento do feriado de junho e um monumento nacional que homenageia a vítima de linchamento Emmett Till e sua mãe, Mamie Till.

Sem chamar Donald Trump pelo nome, Biden chamou o seu adversário republicano de “perdedor” e criticou-o por, depois de oferecer as suas condolências e orações sobre um recente tiroteio numa escola no Iowa, ter dito: “Temos de ultrapassar isso”.

Biden benzeu-se depois de repetir as palavras do seu oponente e depois ofereceu a sua opinião.


RELACIONADO: Biden visitará a Igreja Madre Emanuel AME à medida que as primárias da Carolina do Sul se aproximam


“Minha resposta é: temos que parar com isso”, disse ele, arrancando aplausos, “para que seus filhos, sua família, seus amigos – vocês possam sair de casa, andar pelas ruas, ir às lojas, ir ao supermercado e ir à igreja, para estar a salvo da violência armada. Não há desculpa para esta carnificina. Temos que proibir as armas de assalto. Já fiz isso uma vez antes e vou voltar e fazer.”

Os comentários de Biden foram interrompidos por manifestantes pró-Palestina que gritavam por um cessar-fogo na guerra Israel-Hamas. Em troca, as pessoas nos bancos começaram a gritar “Mais Quatro Anos”.

“Eu entendo a paixão deles”, respondeu Biden. “E tenho trabalhado discretamente, trabalhado discretamente com o governo israelense para fazê-los reduzir e sair significativamente de Gaza, usando tudo o que posso para fazer.”

Ao antecipar as primárias democratas a serem realizadas na Carolina do Sul, Biden deu crédito às pessoas do estado – incluindo as de Mother Emanuel e o apoio do deputado James Clyburn, DS.C. – com sua eleição de 2020.

“Sua voz foi ouvida na definição do seu destino. Isso é democracia. Tenho orgulho de ter liderado o esforço para garantir que a sua voz, a voz da Carolina do Sul, seja sempre ouvida. Porque agora você é o primeiro nas primárias”, disse ele, arrancando mais aplausos.

As primárias democratas de 3 de fevereiro na Carolina do Sul serão a primeira votação oficial de 2024 com o nome de Biden, uma mudança recomendada por Biden e outros democratas que queriam que as primeiras primárias fossem realizadas em um estado mais diversificado. Embora New Hampshire ainda tenha primárias mais cedo, o nome de Biden não estará nas urnas porque os líderes do estado não optaram por seguir a diretriz do partido nacional de adiar suas primárias para depois das da Carolina do Sul. Em vez disso, os democratas em New Hampshire lançaram uma campanha escrita para Biden, Politico relatado.

Ao concluir seu discurso, no qual elogiou o patriotismo da Igreja Negra, Biden baseou-se em uma canção popularizada pelo artista gospel James Cleveland – “I Don’t Feel No Ways Tired” – para completar os temas do presidente sobre verdade, democracia e fé.

“Este é um momento de escolha, então escolhamos a verdade; vamos escolher a América”, disse ele. “Sei que podemos fazer isso juntos e, como canta a música gospel: 'Chegamos muito longe de onde começamos. Ninguém me disse que o caminho seria fácil. Não acredito que ele me trouxe até aqui para me deixar. Meus compatriotas americanos, não creio que o bom Deus nos tenha trazido tão longe para nos deixar para trás.”

Dois dias antes do discurso de Biden na Madre Emanuel, a vice-presidente Kamala Harris também visitou a Carolina do Sul e falou num ambiente episcopal metodista africano diferente.

Apresentando temas semelhantes aos do presidente, Harris falou no retiro anual da Sociedade Missionária Feminina do Sétimo Distrito Episcopal da Igreja AME.

“Em momentos como este, quando nós, como nação, testemunhamos tanto ódio, conflito e tentativas de divisão, é a nossa fé que muitas vezes nos guia para frente”, disse ela, “a fé naquilo que não podemos ver, mas sabemos que é verdade ; fé na promessa da nossa nação – liberdade, liberdade e igualdade – não para alguns, mas para todos.”


RELACIONADO: Tribunal mantém sentença de morte para atirador de igreja Dylann Roof


Source link

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button