News

Turquia fornece documentos contra Israel para caso de genocídio, diz Erdogan

“Acredito que Israel será condenado lá”, diz Tayyip Erdogan (Arquivo)

Ancara:

A Turquia está a fornecer documentos para um caso movido pela África do Sul contra Israel no tribunal superior da ONU sob a acusação de cometer genocídio contra civis palestinos, disse o presidente Tayyip Erdogan na sexta-feira.

Falando aos repórteres em Istambul, Erdogan disse que a Turquia continuaria a fornecer documentos, principalmente visuais, sobre os ataques de Israel a Gaza.

“Acredito que Israel será condenado lá. Acreditamos na justiça do Tribunal Internacional de Justiça”, disse Erdogan.

O ministro das Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, descreveu Erdogan como o presidente de “um país com o genocídio armênio no passado” e que estava atacando Israel com “alegações infundadas”.

Israel não está entre os mais de 30 países que reconheceram formalmente os assassinatos em massa de arménios pelos turcos otomanos em 1915 como genocídio. A Turquia, estabelecida em 1923 após o colapso do Império Otomano, sempre negou que houvesse uma campanha sistemática para aniquilar os Arménios.

(Exceto a manchete, esta história não foi editada pela equipe da NDTV e é publicada a partir de um feed distribuído.)

Source

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button